Especial CasaCor 2017 – Espaços que abriam memórias

25 de agosto de 2017

Especial CasaCor 2017 – Espaços que abriam memórias

Toda casa tem aquele cantinho especial que te faz voltar no tempo e reviver boas histórias, certo? Pensando nisso, reunimos nesse post os ambientes da CasaCor 2017 que despertam lembranças gostosas e, de uma forma ou de outras, definem fases da nossa vida.

Lounge dos amigos, por Patrícia Hagobian

A essência de receber pessoas se faz presente em cada detalhe dos 80m² propostos por Patrícia Hagobian.

Em formato retangular, a sala é composta de um espaço para leitura, sala de convivência e um caprichoso bar.

Os espaços são delimitados por biombos, uma ótima opção para agregar a tendência de integrar ambientes e, ao mesmo tempo, separá-los quando for conveniente.

Para manter a amplitude, foi utilizado acrílico e arrematado com madeira, tornando o material mais elegante, compondo com o painel de parede ripada, que também pode ser uma bela parede divisória.

Quarto do bebê, por Fabiana Silveira e Patricia de Palma

A linguagem inovadora do Quarto do Bebê se traduz na disposição do layout, revestimentos, mobiliário, iluminação e todas as peças de decoração, que podem ser utilizadas em diversas fases enquanto cresce.

O destaque do ambiente é um grande móvel que abriga um jardim com vasos e costelas de adão. O restante do espaço concentra berço, trocador, poltrona de amamentação e cabideiro, itens indispensáveis para seu bom funcionamento.

Quarto da Menina, por Lucy Amicón e Vanessa Ireno

Composições geométricas estão espalhadas nesse quarto de 37m² concebido por Lucy Amicón e Vanessa Ireno.

O piso em madeira contrapõe com as peças modernas e descoladas trazendo conforto para o ambiente.

A iluminação se destaca pelo painel em MDF e seus vazados geométricos, que distribuem a luz de forma mais suave no ambiente.

A atmosfera lúdica fica por conta do mobiliário e do jardim vertical, que certamente são importantes para a construção de grandes memórias afetivas.

Abrigo de memórias, por Duda Porto

Durante o período da CasaCor 2017, a arquibancada do Jockey Club de São Paulo ganhou um platô com deques de madeira de demolição reaproveitada e uma área de jardim cultivado em placas modulares, com sistema de irrigação por gotejamento.

O projeto do arquiteto Duda Porto agrega também quatro cabanas, que representam momentos distintos da vida: Sonho, Infância, Amigos e Família, Reflexão.

A Cabana Sonho nos provoca a refletir sobre o que nos leva para a realização ou não de nossos desejos mais íntimos, por meio de frases como: “Cultive sonhos”, “Compartilhe lembranças”, “Realize desejos”, “Construa seu refúgio”, e “Sua casa é o abrigo de suas memórias”.

Já a cabana Infância traz indagações típicas das crianças. Em seguida, as cabanas Amigos e Família acomodam recados deixados para pessoas queridas, pendurados na árvore de memórias – que, após a mostra, foram enterrados em um local de São Paulo. A última cabana, Reflexão, busca uma desconexão diante do skyline efervescente da capital paulista.

Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

instagram logo
@milideiaspormetroquadrado/
logo instagram
CLIQUE AQUI