Chuveiros: qual escolher?

7 de outubro de 2020

No blogpost de hoje, abordaremos sobre chuveiros e vamos mostrar as vantagens e desvantagens de chuveiros elétricos e à gás. Mostrando as diferenças, você fará uma análise melhor e assim poderá fazer uma escolha mais assertiva e de acordo com suas necessidades. Estão preparados? Já pega o caderninho e anota todas as dicas.

CHUVEIROS ELÉTRICOS
Vantagens:
  • A instalação é simples e rápida.
  • O gasto médio é de 4 a 5 litros por minuto, portanto o consumo de água é reduzido.
  • Cabe em todos os orçamentos, portanto é possível encontrar chuveiros elétricos na faixa de R$ 25,00 (os mais simples), já os mais sofisticados podem chegar a custar em torno de R$ 1.000,00.
  • A água aquece rapidamente.
  • A manutenção é simples.
Desvantagens:
  • Alto consumo de energia: Pesquisa realizada na Faculdade de Engenharia Elétrica da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) reforça as constatações oficiais de que os chuveiros elétricos são responsáveis por 23% do consumo residencial no horário de pico, com impacto na curva de carga do sistema elétrico brasileiro. Apesar de ter custo de instalação baixo, o consumo de eletricidade ao longo do tempo é alto.
  • Dependendo do modelo e da pressão da água, a vazão pode ser baixa, o que compromete a qualidade do banho. O famoso chuveiro “cata” pingo.
CHUVEIROS À  GÁS

Aquecedor doméstico de passagem a gás

Vantagens:
  • A vazão de água quente é maior, assim proporciona maior conforto.
  • Pode ser utilizado em vários pontos da casa, além de chuveiros e torneiras também.
  • Alta durabilidade: em média, 15 anos.
  • Em longo prazo, o aquecedor a gás é mais competitivo no aspecto financeiro, especialmente se a família for grande.
 Desvantagens:
  • O custo de instalação.
  • Maior consumo de água, em torno de 8 litros por minuto.
  • Como a água demora mais para esquentar, o desperdício é maior.
  • Manutenção tem que ser feita por assistência técnica autorizada.
O que levar em conta?

-Considerar as características e hábitos da unidade familiar.

  • Um chuveiro elétrico requer infraestrutura mínima, assim oferece a possibilidade de menor consumo de água sem comprometer a qualidade do banho, porém consome muita energia.

Vale considerar – aquecedor a gás:

  • A existência de infraestrutura para a instalação do aquecedor.
  • Ventilação obrigatória no local da instalação
  • Tipo de gás usado na residência: aquecedores a gás funcionam com gás natural ou encanado.
  • A vazão máxima das duchas recomendada é de 8 litros por minuto, diminuir o consumo de água e evitar o desperdício.

 

Posso instalar o aquecedor a gás e qualquer banheiro?
  • Há necessidade da seguinte infraestrutura: ser colocado em espaço com ventilação permanente, em geral o aquecedor é colocado na área de serviço, para evitar acidentes decorrentes de vazamentos de gás.
  • A tubulação deve ser de cobre ou plástico reforçado, e são necessários misturadores para controlar a temperatura.
  • A pressão água deve ser em torno de 5 a 10 MCA (metros de coluna d’água) para que o aquecedor funcione de maneira adequada.
  • Existe alguns equipamentos para aumento de vazão de aguá que podem melhorar o desempenho do aquecedor, assim como os chuveiros mais modernos que misturam água e ar, diminuem a quantidade de litros utilizada.

 

Leia também:

Checklist definitivo para a reforma do banheiro

Box Ideal: acerte no modelo para o seu banheiro

Como decorar o banheiro

 

 

 

Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

instagram logo
@milideiaspormetroquadrado/
logo instagram
CLIQUE AQUI